Home » Sem categoria » Produção de mudas de jardim!

Produção de mudas de jardim!

Algumas plantas podem ser propagadas por parte do vegetal e não necessariamente por sementes.

Assim, com apenas 1 muda (planta matriz) você pode criar um jardim ou, no caso de hortaliças, sempre abastecer sua horta sem precisar ficar comprando mudas novas.

Para isso você deve escolher a planta matriz com as melhores características possíveis (vistosa e sem doenças) e se atentar a nunca retirar as mudas quando a planta estiver em repouso (inverno) ou quando a planta matriz estiver em flor – espere terminar a floração e aí sim faça mudas novas.

Tipos de reprodução vegetativa para hortas:

Rebentos/filhos: brotos laterais que surgem ao redor das plantas adultas como na babosa, cebolinha e alcachofra. Neste caso estes brotos laterais são mudas prontas.

Estolho: brotos que saem da planta mãe (caule que enraiza em contato com o solo) como no morango e hortelã. Pode-se separar estes estolhos e plantar como mudas individuais.

Ramas: corte pedaços de 20 cm das ramas ou caule da planta adulta e plante inclinadamente para especies como batata-doce, agrião e espinafre. Este tipo de reprodução é muito usada para ervas como por exemplo manjericão.

Tubérculos: como na batata devem estar brotados para plantar.

Bulbilhos como o alho.

Frutos: deve estar brotado com 15 cm como no caso do chuchu.

Tipos de reprodução vegetativa para jardim:

muda3

 

 

 

 

 

 

 
Estaquia: estacas da planta matriz são cortadas e a extremidade cortada é enterrada no solo para que forme raizes. Podemos fazer estacas de ramos, raizes e folhas, dependendo da espécie. Este é mais usado para flores e plantas de jardim.

Divisão de touceiras: divisão de raizes que crescem juntas formando várias mudas em forma de touceiras, como no caso dos lírios, agapantos, clorofitos e moréias.

Mergulhia: parte de um ramo da planta é enterrado até que se formem raízes, quando então é separado da planta matriz.

Alporquia: é feito um pequeno corte em um dos galhos da planta, que é coberto com terra umida até que crie raizes, quando então é separado da planta matriz. Usado para arbustos e árvores.

Enxertia: os enxertos ou cavaleiros (ramos do caule com gemas) são inseridos em outra planta que tenha raizes chamada porta enxerto ou cavalo. Muito usado para árvores.

Imagem1

 

 

 

Patricia Gazzanelli Mc Carthy é bióloga e guia de turismo.  Trabalhou por dez anos como educadora ambiental e guia de turismo cultural e ecológico e atualmente é gestora do Parque da Barragem na Orla da Represa Guarapiranga.

 

 

 

 

 

About Receitas de Viver

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

BIGTheme.net • Free Website Templates - Downlaod Full Themes