• Caminhos

    Caminhos

    Me questiono frequentemente se estou no “meu caminho”. Você também? Tenho a impressão qu...

  • APORTE ORIÁ

    APORTE ORIÁ

    Ah… Coração que se põe a bater destrambelhado como se perdesse o foco Sem senso de ritmos, sem...

  • Paulista

    Paulista

    Por quantas ruas você já caminhou? Quantos faróis já atravessou? Quantos quarteirões percorreu pensa...

  • ENSAIO SOBRE A CONSCIÊNCIA E A PUNIÇÃO

    ENSAIO SOBRE A CONSCIÊNCIA E A PUNIÇÃO

    Quando não há lei cabível, a consciência é a punição mais severa. (o autor) Poucos devem se lembrar ...

  • O Adeus À Primavera

    O Adeus À Primavera

    A primavera prepara suas malas. Ela se retira em breve e com ela vão se as rosas, os cravos e os ger...

ENCONTRO MARCADO – Luz dos olhos

manicômio

Já toquei em alguns lugares… Desde lugares ordinários até mesmo em alguns poucos mais sofisticados. Mas algo sempre me atraiu para os subúrbios, para as sarjetas – o meio fio, ou sob a luz débil de uma luminária no coração de uma praça abandonada junto às folhas que se acumulam à merce dos ventos entre os declives, onde as estações se amontoam fruto do descaso iminente –, mas nada comparado a aquilo… Não me refiro a um lugar físico e palpável, mas a um olhar. Costumo escrever à noite, normalmente acompanhado de um bom vinho e hoje não foi diferente: ... Read More »

Meu mundo perfeito!

the-wizard-of-oz-original

Em meu “mundo perfeito” não existi classe social, time do coração, partido político e religião. Todo mundo se gosta, se respeita…independente do carimbo que se tem no meio da testa. Em meu “mundo perfeito” estas diferenças, são como acordar e vestir uma roupa azul e cruzar um amigo vestindo amarelo, outro verde e assim vai… Uma questão de gosto, não de certo ou errado. E deve-se no mínimo respeito. Mas aqui neste mundo não é assim. Perde-se um amigo por conta da política. Mata-se o outro por causa de um time. Avalia-se o ser humano pelo que tem e não pelo ... Read More »

SEM FRONTEIRAS – Chakana

14285426_1173006842720531_1603044341_o

A ironia da tragédia é que, ao mesmo tempo em que separa algumas pessoas, aproxima outras… Não era a primeira vez que eu encontrava aquele homem entre os corredores e sabia: não seria a última. Ele aguardava um “coração novo” havia pouco mais de três meses… Nossos encontros passavam a ser frequentes e, naquela tarde, ele estava desacompanhado de sua esposa que, normalmente, o fazia companhia. - Uma pena ela não estar aqui hoje… – Disse ele enquanto se levantava do sofá. E o ajudei a desconectar da tomada a bomba de perfusão… Só estávamos eu e ele no corredor ... Read More »

TERÇA FEIRA GORDA

unnamed

Minha preta velha, fechara-me o corpo com rezas e banhos de sete ervas. Conhecimentos que herdara da mãe dela, que herdara da avó, que herdara da bisa, que herdara da tatará. O intuito da novena é a de proteger-me dos espíritos sombrios que me assolariam em minha estada em terras ditas santas, dezenas de sete anos se passariam, após minha mãe tecer a benzedeira pra cima de mim. Cá estou eu, cumprindo meu papel junto aos meus, cumprindo minhas luas em terra que remontam a meus genes. Rogando ao meu orixá as sete armas necessárias para apaziguar-me entre os amigos ... Read More »

ENCONTRO MARCADO – Preâmbulo

Sanatório - Sanatorium

O que é longe se torna ainda mais longe quando envolvido pelo trânsito oriundo do rush das grandes cidades. Fazemos de tudo para tentar preencher o tempo em que ficamos parados, impotentes, observamos o Sol se pôr impiedosamente levando o tempo da nossa vida junto enquanto permanecemos ali: estáticos. Por sorte, ofereci carona ao padre – desses que dão a extrema unção e tomam vinho canonizado, mas que é vinho do mesmo jeito –, colega de sala e companheiro das oficinas terapêuticas. Não… Não estávamos passeando… Voltávamos exatamente de uma das oficinas que desenvolvíamos em uma casa de saúde para ... Read More »

SEM FRONTEIRAS – Algum lugar que só nós sabemos

idosa

Vagueando entre as velhas memórias a fim de encontrar uma dose de conforto, melancólico, eis que um perfume antigo inunda minhas narinas… “Damas da noite”: a doçura marcante entre as rosas junto ao peculiar som das primeiras gotas de chuva que caem sobre o asfalto quente numa tarde de verão. Desviei do transito, daqueles peculiares das grandes cidades, e decidi cortar por algumas ruas conhecidas as quais vivi bons momentos em minha vida… “Quem sabe paro naquele antigo café, já que estou com um pouco de tempo…”, pensei. Mas tudo estava diferente. Havia anos que eu não passava naquele velho ... Read More »

Sentimentos!

ladrões-energia-1024x640-mi6gk5o0j6r3v6lfqnbcbp09vs6bjful3hw5kubs0w

Sentir Coisas que nem sei Que sei eu?   De uma noite Uma noite linda Cheia de encantos   De um encontro Uma surpresa Dessas que não se espera (mas o que se haveria de esperar?)   E muitas outras noites (e dias) Muitos desencontros E desencantos   E essa Terra Encantada Sempre em movimento Sempre a trazer novas surpresas   E o que foi Já não é mais   E o que não era Vem a ser   Diferente Forte Iluminado   E lindo Totalmente inesperado Mas profundamente acatado   Que sei eu Disso de sentir? Sinto simplesmente   ... Read More »

SEM FRONTEIRAS – Coração corinthiano

c8e9ef_b1fa3496831d448cbb2395d584f93d23

Não é incomum, entre os corredores, encontrar pacientes que, entre um quarto e outro, aguardam por longo período, um transplante de coração. Foi o caso daquele que, sem me recordar o nome, atendia simplesmente por “Corinthiano”. Já estava lá algum tempo – de um ano e meio para mais – e eu me lembro da primeira vez em que o vi: devoto… Ainda que, trazendo consigo uma bomba de infusão, trajava elegantemente o uniforme do seu time. Um homem de voz firme e com um largo sorriso no rosto. Aparentando pouco mais de cinquenta anos, não se fez de rogado: ... Read More »

SEM FRONTEIRAS – Reflexões na escadaria

back-ecg

Nos corredores, entre os enfermos… Diferente dos bares e da boemia, as histórias podem nos pegar desprevenidos… Me permito agora, uma boa garrafa de Carménère. Porque é sabido: quando o violão sai da caixa e o soar das primeiras notas fluem pelo ar; pelo tempo e através dos canais labirínticos, até tocarem no fundo de um coração desavisado… Não se pode prever que tipo de história, de lamento ou sentimento se manifestará através de uma lágrima, ainda que seja vasta demais para ela. Não estava totalmente aquecido quando, a pedido, toquei “Maybe Jesus wants you for a sunbeam” (talvez Jesus ... Read More »

Nosso Clã

sagrado

Somos sete Somos uma e nenhuma Tem quem fale Tem quem dance ou simplesmente acompanhe Tem cumplicidade, individualidade E também amor Tem dúvida, raiva E também a dor Somos irmãs, filhas e amigas Unidas! Mulheres de um incerto amanhã   Para minhas amadas irmãs do Clã: Lobas das 13 luas!         Vanessa Saad é Produtora, Terapeuta Holística e Sócia Proprietária na empresa Sementes da Lua. Read More »

BIGTheme.net • Free Website Templates - Downlaod Full Themes